sexta-feira, 9 de dezembro de 2016



Para dar continuidade no "Ciclo Mutações da Vida" com a trilogia Qatsi, nessa segunda feira 12 de dezembro o Cineclube exibe o segundo filme da trilogia, "POWAQTSI" do diretor Godfrey Reggio.

Sinopse:

Aclamada pelo público e pela crítica em todo o mundo como "fascinante" (The Detroit News), esta segunda parte da trilogia "qatsi" assinada pelo escritor/diretor Godfrey Reggio é "simplesmente um dos mais magníficos espetáculos visuais e auditivos já criados" (L.A. Daily News)! Combinando uma fotografia deslumbrante e a especialíssima música do premiado compositor Philip Glass, Powaqqatsi é uma "experiência de tirar o fôlego, que atua em muitos níveis... emocional, espiritual, intelectual e estético" (The Hollywood Reporter)!
Corajoso, perturbador e épico em sua grandeza, este filme extraordinário coloca em discussão tudo o que pensamos saber sobre a sociedade contemporânea. Através da justaposição das imagens de culturas antigas com as da vida moderna, Powaqqatsi magnificamente expõe o custo do progresso humano. É um filme que fala à alma, assim como à mente. É uma "vivência realmente fascinante" (Movies On TV And Videocassete).

Diretor: 
Godfrey Reggio

Gênero: 
Documentário

Duração:
 99 min.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

"Ciclo Mutações da Vida" No Cineclube Lanterninha Aurélio

O início de dezembro traz consigo um novo ciclo para o Cineclube Lanterninha Aurélio. Na próxima segunda-feira, dia 5, inicia o “Ciclo Mutações da Vida”.

A trilogia Qatsi é composta por documentários dirigidos por Godfrey Reggio, com música composta por Philip Glass e cinematografia por Ron Fricke. São compostos basicamente de câmera lenta, lapsos de tempo, fotografia de muitas cidades e paisagens naturais. A trilha sonora deste documentário possui grande importância, pois o desenrolar tem a velocidade e o tom ditados por ela. Não existem diálogos e também não são feitas narrações durante todo o documentário. Os filmes levam a refletir sobre os aspectos da vida moderna que nos fazem viver sem harmonia com a natureza, bem como a pressão exercida pelas inovações tecnológicas que tornam o cotidiano cada vez mais rápido.


Confira as atrações do Ciclo:


05/12 "Koyaanisqatsi: Life out of balance" (1983)

12/12 "Powaqqatsi: Life in transformation" (1988)

19/12 "Naqoyqatsi: Life as war" (2002)


05/12 Koyaanisqatsi - Uma Vida fora de Equilíbrio
Sinopse: Prepare-se para assistir um filme realmente marcante - uma obra-prima cinematográfica tão extraordinária que é um deleite para os sentidos, um estímulo para a mente e que acaba por "redefinir o potencial da arte de fazer cinema" (The Hollywood Reporter). O consagrado diretor Godfrey Reggio, o inovador diretor de fotografia Ron Fricke e o compositor ganhador do Globo de Ouro* Philip Glass criaram este "filme mágico, tão rico em beleza e detalhes que a cada vez que o assistimos, ele se toma um filme novo e diferente" (Leonard Maltin). "Único... profundo... magnético e instigante" (Boxoffice), Koyaanisqatsi contrasta a tranqüila beleza da natureza com o frenesi da sociedade urbana contemporânea. Reunindo imagens de tirar o fôlego a uma premiada e eloqüente trilha sonora, é um trabalho "original e fascinante" (People) - "um dos maiores filmes de todos os tempos" (Uncut).

Diretor:  Godfrey Reggio

Gênero: Documentário

Duração: 87 min.


12/12  Powaqqatsi - A Vida Em Transformação

Sinopse:
Aclamada pelo público e pela crítica em todo o mundo como "fascinante" (The Detroit News), esta segunda parte da trilogia "qatsi" assinada pelo escritor/diretor Godfrey Reggio é "simplesmente um dos mais magníficos espetáculos visuais e auditivos já criados" (L.A. Daily News)! Combinando uma fotografia deslumbrante e a especialíssima música do premiado compositor Philip Glass, Powaqqatsi é uma "experiência de tirar o fôlego, que atua em muitos níveis... emocional, espiritual, intelectual e estético" (The Hollywood Reporter)!
Corajoso, perturbador e épico em sua grandeza, este filme extraordinário coloca em discussão tudo o que pensamos saber sobre a sociedade contemporânea. Através da justaposição das imagens de culturas antigas com as da vida moderna, Powaqqatsi magnificamente expõe o custo do progresso humano. É um filme que fala à alma, assim como à mente. É uma "vivência realmente fascinante" (Movies On TV And Videocassete).
Ano de produção: 1988

Diretor: Godfrey Reggio

Gênero: 
Documentário

Duração: 99 min.


19/12 Naqoyqatsi- Vida como Guerra

Sinopse:
 É o último filme da trilogia Qatsi, que é composta juntamente com os documentários Koyaanisqatsi (1983) e Powaqqatsi (1988). O primeiro aborda principalmente o hemisfério norte, o segundo o sul e países asiáticos, ficando com este terceiro a grandiosidade de abordar o planeta como um todo, conectado, globalizado, mergulhado na tecnologia que encurta distâncias e acelera processos de destruição devido ao seu mau uso.
civilizada".


Diretor: 
Godfrey Reggio

Gênero: 
Documentário

Duração:
 89 min.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016






Para dar continuidade ao "Ciclo de Cinema Migrações, Fronteira e Deslocamento" , o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe na segunda-feira, dia 21 de Novembro, às 18, na CESMA, o longa “Manderlay ”, do diretor Lars von Trier. Manderlay é um filme dirigido por Lars von Trier e cuja história se constitui como seqüência para Dogville, do mesmo diretor que será uma trilogia. Direção de Fotografia de Anthony Dod Mantle e Direção de Arte de Peter Grant.

Sinopse: Após deixarem para trás a cidade de Dogville, Grace (Bryce Dallas Howard) e o pai (Willem Dafoe) acabam por acaso nos portões da fazenda de Manderlay, no sul dos Estados Unidos. Lá Grace descobre uma estrutura escravagista em pleno funcionamento, apesar de estarmos em 1933, quando já fora abolida a escravatura. Ela se envolve então nas relações entre os empregados negros e seus patrões, apenas para descobrir que os laços que regem estas relações são bem mais complexos do que ela pensava.

Direção: 
Lars Von Trier

Gênero: Drama

Duração139 min

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sábado, 12 de novembro de 2016

" Bem-Vindo (Welcome) " no Cineclube Lanterninha Aurélio.

12/11/



Para dar continuidade no Ciclo de Cinema sobre Migrações, Fronteiras e Deslocamentos, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 14 de novembro, às 18h, na CESMA, o longa " Bem-Vindo (Welcome) " do diretor Philippe Lioret.

Sinopse: Bilal, um jovem rapaz curdo 17 anos de idade, viaja através Oriente Médio e da Europa para ficar com a sua namorada, recém imigrada da Inglaterra. A sua jornada chega ao fim quando ele fica no canal da Mancha, do lado Francês. Decide então aprender a nadar para atravessá-lo. Bilal vai ao local da piscina para treinar, lá ele encontra Simon, um instrutor de natação, que está se divorciando. Para impressionar a sua mulher e reconquistar o seu coração, Simon decide arriscar tudo por Bilal, para ajudar a realizar o seu objetivo.

Gênero
: Drama

Direção: Philippe Lioret

Duração:
 110 minutos

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

"Ciclo de Cinema sobre Migrações, Fronteiras e Deslocamentos" no Cineclube Lanterninha Aurélio.



Ciclo de Cinema sobre Migrações, Fronteiras e Deslocamentos

Professoras Coordenadoras:

Profa. Maria Clara Mocellin 

Profa. Maria Catarina Zanini 

Alunos Mestrandos:
Jamile Costa 

Letícia Ortiz 

Filipe de Cesaro

Promoção: NECON – Núcleo de Estudos Contemporâneos e Cine Clube Lanterninha Aurélio

Resumo: Trata-se de um ciclo de cinema sobre a temática das Migrações, Fronteiras e Deslocamentos. O propósito do ciclo é criar um espaço de debate sobre a temática das Migrações, Fronteiras e Deslocamentos, utilizando o cinema como um recurso que contribua para a reflexão e questionamento da temática proposta. O ciclo é aberto a toda a comunidade de Santa Maria.

Listagem dos filmes exibidos e debatidos

07/nov


Título Original: La Haine
Título no Brasil: O Ódio
Direção: Mathieu Kassovitz
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 1995
Duração: 93 min
País: França

14/nov
Título Original: 
Biutiful
Título no Brasil: Biutiful
Direção: Alejandro González Iñárritu
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 2010
Duração: 148 min
País: México/Espanha



21/nov
Título Original: 
Manderlay
Título no Brasil: Manderlay
Direção: Lars Von Trier
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 2005
Duração: 139 min
País: Dinamarca/Suécia

28/nov

Título Original: 
Welcome
Título no Brasil: Bem-vindo
Direção: Philippe Lioret 
Gênero: Drama
Ano de Lançamento: 2009
Duração: 110 min
País: França

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

"O SONHO DE WADJA" no Cineclube Lanterninha Aurélio.



Para encerrar o Ciclo Cinema, Mulheres no Oriente Médio, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 24 de Outubro, às 18h, na CESMA, o longa “O Sonho de Wadjda”, do Haifaa Al Mansour.

Sinopse: 
O Sonho de Wadjda é um filme teuto-saudita dirigido por Haifaa al-Mansour em 2012. Foi o primeiro longa-metragem dirigido por uma mulher na história da Arábia Saudita e conta a história de uma menina chamada Wadjta, que mesmo sendo criada na doutrina muçulmana, possui um jeito de pensar e agir que se difere das outras meninas de sua idade. Ela sonha em ter uma bicicleta para brincar com seu amigo Abdallah, mesmo que, em sua cultura, meninas não andam de bicicleta, nem brincam com meninos. Mas Wadjta não desiste, e faz pequenos trabalhos artesanais para juntar dinheiro, e também entra em um concurso religioso que iria premiar em dinheiro. Paralelamente à luta da menina para realizar seu sonho, há também os problemas que ela enfrenta na escola e em casa.
Uma temática interessante a ser observada no filme é a questão da visão da mulher, o modo que a mulher é encarada em diferentes contextos. A religião muçulmana também é explorada no filme, as principais crenças e dogmas.

Direção:
 Haifaa Al Mansour

Gênero: 
Drama

Duração: 
100 minutos

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

"Lemon Tree" do diretor Eran Riklis no Cineclube Lanterninha Aurélio.



"Lemon Tree" é o segundo filme de Eran Rilklis e o consagrou mundialmente. Filho de diplomata do consulado israelense, o diretor viveu parte de sua juventude no Rio de Janeiro).
 Repare na cena em que o advogado de Selma usa um agasalho com a bandeira do Brasil e a inscrição Champion (campeão, em inglês), bordados, fazendo uma referência ao futebol brasileiro.

 Sinopse: 
Salma, uma palestina viúva, vive do pomar de limões que possui na Cisjordânia, criado pelo pai dela 50 anos antes. Ela regou, cuidou, tratou dos limoeiros ao longo de toda a sua vida. O pomar fica exatamente junto à fronteira com Israel. Salma vê sua plantação ser ameaçada, quando seu novo vizinho, o Ministro de Defesa de Israel, se muda para a casa ao lado. A Força de Segurança Israelense logo declara que seus limoeiros colocam em risco a segurança do ministro, e por isso precisam ser derrubados.

Direção: Eran Riklis
Gênero: Drama

Duracao: 106 min.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.
 

sábado, 8 de outubro de 2016

"A Pedra da Paciência" No Cineclube Lanterninha Aurélio.




Para dar continuidade ao Ciclo Mulheres no Oriente Médio, o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe na segunda-feira, dia 10 de outubro, às 18, na CESMA, o longa “A Pedra da Paciência”, do diretor Atiq Rahimi. Longa representou país árabe no Oscar de filme estrangeiro de 2013.
Trabalho é reflexão sensível sobre situação política e social da região.

SinopseNo Afeganistão, um herói de guerra sofreu um acidente em que levou uma bala no pescoço, fica em estado vegetativo e é abandonado pelos companheiros do Jihad e por seus irmãos. Sua mulher o observa em um quarto decadente e começa uma confissão solitária, falando sobre sua infância, seus sofrimentos, sua solidão e seus sonhos. Por meio de suas palavras para o marido, ela procura um caminho para recomeçar a vida.

Direção: Atiq Rahimi

Gênero: Drama, Guerra
Duração: 98 minutos

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.


quarta-feira, 28 de setembro de 2016





 Início de Outubro traz consigo um novo ciclo para o Cineclube Lanterninha Aurélio. Na próxima Segunda-feira, dia 3 de Outubro inicia o "Ciclo Mulheres no Oriente Médio".   

Confira as atrações do ciclo Road Movies:


03/09 –  A Separação, 2011, Irã 
10/09 –  A Pedra da Paciência, 2012, Afeganistão 
17/09 –  Lemon Tree, 2008, Israel 
24/09 –  O Sonho de  Wadjda, 2012, Arábia Saudita 




sexta-feira, 23 de setembro de 2016

"Apocalypse Now Redux" Do Diretor Francis Ford Coppola No Cineclube Lanterninha Aurélio.

 
 Para encerrar o Ciclo “Visões Sobre a Guerra”, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 26 de setembro, às 18h, no auditório da CESMA, o filme "Apocalypse Now Redux" Do Diretor Francis Ford Coppola.

Com 49 minutos adicionais jamais vistos, o diretor ganhador do Oscar®, Francis Ford Coppola (O Poderoso Chefão) apresenta a versão definitiva de seu épico inovador! APOCALYPSE NOW REDUX não é apenas um grande clássico do cinema, é uma versão renovada, reeditada e remixada de um filme que foi considerado com um dos mais importantes já realizados!

Sinopse: 
Durante a guerra do Vietnã, um capitão do exército americano recebe a missão de resgatar um coronel que teria enlouquecido e se tornado líder de uma comunidade na selva. Em busca do desertor, o capitão e seus comandados assistem a um verdadeiro desfile de horrores. Drama de guerra baseado no livro "No Coração das Trevas", de Joseph Conrad, o filme ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes, além do Oscar de Melhor Fotografia (de Vittorio Storaro) e o de Melhor Som, também sendo indicado nas categorias de Melhor Filme, Direção, Ator Coadjuvante (Robert Duvall), Roteiro Adaptado, Direção de Arte e Montagem.

Direção: 
Francis Ford Coppola

Duração: 
202 minutos

Gênero: Guerra / Drama

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

O Cineclube Lanterninha Aurélio exibe dia 19/09/2016 o documentário "Arquitetura da Destruição" do diretor Peter Cohen.


O Cineclube Lanterninha Aurélio exibe dia 19/09/2016 o documentário "Arquitetura da Destruição"  do diretor Peter Cohen.

Sinopse:
 Undergångens arkitektur é um documentário produzido e dirigido pelo cineasta sueco Peter Cohen, que trata do uso da arte e da estética pela Alemanha nazista. Foi lançado originalmente na Suécia em 1989.
O filme pretende ser um estudo do nacional-socialismo de Adolf Hitler sob o ponto de vista estético e de propaganda. De sua chegada ao poder à derrocada alemã na Segunda Guerra, passando pela tese da "solução final" para os judeus, a produção busca acompanhar a ambição artística do Führer, que se considerava um "artista na política". Como um arquiteto disposto a "embelezar" o mundo, Hitler ambicionava reconstruir a sociedade alemã através da arte. Procura ainda mostrar como a arte, a propaganda e a mídia podem ser facetas importantes de uma ideologia política.

Diretor: 
Peter Cohen

Gênero
: Documentário Histórico


Duração:
 2h 3m

Programação do Ciclo:
26/09 APOCALYPSE NOW REDUX

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

CICLO SOBRE A GUERRA NO CINECLUBE LANTERNINHA AURÉLIO NO MÊS DE SETEMBRO



12/09 'Vá e Veja'  Do diretor Elem Klimov. 
'Vá e Veja' é uma experiência de dor e perda. Considerado selvagem e lírico, o filme narra a trajetória de Florya, um jovem separado de seus comandantes durante a Segunda Guerra Mundial. Uma jornada épica por uma galeria de imagens poéticas e atrocidades humanas brutais.


Sinopse: Bielorrússia, 1943. O jovem camponês Florya (Aleksei Kravchenko) é cooptado por um despreparado grupo de guerrilheiros antinazistas. Em confronto com os alemães, o garoto é deixado para trás e decide retornar ao seu vilarejo. Chegando lá depara-se com o desolador cenário de um massacre. Perturbado, ele passa a vagar sem rumo, presenciando cenas cada vez mais fortes.


Diretor: Elem Klimov


Duração:
142 minutos


Gênero:
Drama/Guerra

Programação do Ciclo: 

19/09 ARQUITETURA DA DESTRUIÇÃO 

26/09 APOCALYPSE NOW REDUX



As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

"Além Da Linha Vermelha" do diretor Terrence Mlick no Cineclube Lanterninha Aurélio.




O filme marcou o retorno do diretor Terrence Malick a produção de filmes depois de 20 anos, seu último filme foi Days of Heaven em 1978. Ele escreveu o roteiro baseado no livro de mesmo nome escrito por James Jones. O elenco possui grandes nomes do cinema, incluindo pontas e interpretações de atores como George Clooney, Sean Penn, Adrien Brody, John Cusack, Jared Leto e John Travolta.

Sinopse: 
Durante a Segunda Guerra Mundial, fica claro que o resultado da batalha de Guadalcanal influenciará fortemente o avanço japonês no Pacífico. Assim, um grupo de jovens soldados enviado para lá, trazendo alívio para as esgotadas unidades da marinha. Lá os recém-chegados conhecem um terror que nem imaginavam, mas no meio deste desespero surgem fortes laços de amor e amizade.

Diretor: 
Terrence Malick

Gênero: 
Drama, Guerra

Duração: 
2h 50min 

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

"Oldboy" Do Diretor Park Chan-wook no Cineclube Lanterninha Aurélio.


Para encerrar o Ciclo Cinema, Live-Action, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 29 de Agosto, às 18h, na CESMA, o longa “Oldboy”, do diretor Park Chan-wook.


"Oldboy" é um filme sul-coreano de 2003 dirigido por Park Chan-wook, baseado no mangá japonês de mesmo nome escrita por Nobuaki Minegishi e Garon Tsuchiya. O filme segue a história de um indivíduo chamado Oh Dae-su, que fica trancado num quarto de hotel por 15 anos sem saber o motivo de seus captores. Quando finalmente é libertado, Dae-su se vê preso numa rede de conspiração e violência. Sua busca por vingança acaba se entrelaçando com um romance quando se apaixona por uma atraente chef de sushis.

 Sinopse: A história começa quando o personagem Oh Dae-su é sequestrado e confinado numa prisão particular, sem que lhe seja dada justificativa alguma sobre o ato.A clausura se estende por nada menos do que 15 anos, durante os quais o personagem fica sozinho num quarto com banheiro, tendo apenas uma televisão para mantê-lo em conta(c)to com as mudanças no mundo exterior. O quarto é impregnado regularmente por um gás sonífero, que precede a entrada dos sequestradores, que assim limpam o local, cortam-lhe o cabelo ou costuram seus constantes ferimentos, sem que o prisioneiro troque quaisquer palavras com outros humanos. Sua única companhia é a TV.
Depois da libertação, Dae-su concentra-se exclusivamente na vingança. Quer descobrir quem o prendeu e o porquê. Mas a tarefa não é fácil; tem de se adaptar a 15 anos de “solitária” e ainda por cima é suspeito de um homicídio cometido durante o cativeiro. Mi-do, uma cozinheira de sushi de mãos frias vai ajudá-lo a procurar uma resposta para a pergunta que não lhe sai da mente.

 Diretor: 
Park Chan-wook

 Duraçao: 120 min

 Genero:
 Ação, drama

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

"Nana" No Cineclube Lanterninha Aurélio dia 22 de Agosto.



Nana é um filme japonês, dirigido por Kentarô Ôtani. É uma adaptação cinematográfica do mangá homônimo de Ai Yazawa. Lançado em 3 de setembro de 2005, o filme conta com a participação da pop star japonesa Mika Nakashima como a cantora punk Nana Oosaki, e Aoi Miyazaki como Hachi.A atualização mais recente foi vinculado pela revista brasileira Chapters na edição número 6.
O filme teve uma sequência em 2006, intitulado Nana 2.
Descrição fornecida por Wikipédia

Sinopse: Nana Oosaki (Mika Nakashima) é uma cantora de rock que parte para Tóquio para tentar recomeçar a vida após o término de um relacionamento. É uma garota forte que mostra independência e vontade de vencer na vida. Já Nana Komatsu (Aoi Miyazaki) é uma garota meiga e desajeitada que se muda para Tóquio para viver perto de seu namorado e mostrar que não é uma qualquer recém-saída da adolescência. As duas têm o mesmo nome e a mesma idade. Também por coincidência visitam, no mesmo dia e à mesma hora, um apartamento para alugar — o número 707 (em japonês, “Nana” significa “Sete”). Para evitar confusões, resolvem dividí-lo e viver juntas, começando aí, uma grande história de amizade.

Direçao: 
Kentarô Ôtani

Duraçao: 
113 min

Genero: Romance

A programação do ciclo segue com:
29/08 – Oldboy (2003) Direção: Park Chan-wook
As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Batalha Real (Battle Royale 2000) No Cineclube Lanterninha Aurelio.


Batalha Real (Battle Royale 2000)


 

Para dar continuidade ao Ciclo Live-Action, o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe na segunda-feira, dia 15 de agosto, às 18, na CESMA, ”Batalha Real (Battle Royale)" , do diretor  Kinji Fukasaku.

Sinopse:
 Numa realidade hipotética, as novas gerações promovem um estado de anarquia, e o governo ultranascionalista resolve controlar a situação promovendo o temível Ato Battle Royale. Todos os anos, uma classe escolar é escolhida para passar três dias numa ilha deserta, e a cada aluno é dada uma mochila com equipamentos pessoais, de sobrevivência e uma arma, que pode variar de um cabide à uma escopeta. A única regra: apenas um pode sobreviver ao final dos 3 dias.

Gêneros: Ação, Terror

Diretor: Kinji Fukasaku

Duraçao:  2h 2m

A programação do ciclo segue com:

22/08 – Nana (2005) Direção: Kentaro Otani

29/08 – Oldboy (2003) Direção: Park Chan-wook
As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

"DEATH NOTE" no Ciclo Live-Action No Cineclube Lanterninha Aurélio no mês de Agosto.

 Ciclo Live-Action No Cineclube Lanterninha Aurélio no mês de Agosto.

Death Note é um filme live-action japonês da série Death Note lançado em 2006. O filme é baseado no mangá de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata. O filme centra principalmente um estudante universitário que decide livrar o mundo do mal com a ajuda de um caderno sobrenatural que mata qualquer pessoa cujo nome é escrito nele. O filme foi dirigido por Shusuke Kaneko, produzido pela Nippon Television, e distribuído pela Warner Bros. 

Sinopse: 
Yagami Light é um brilhante estudante, porém está completamente entediado. Certo dia, ao sair do colégio, ele encontra o “Death Note”, um caderno da morte, que pertencia a um Shinigami (Deus da Morte). O tal caderno possui o poder de matar qualquer humano cujo nome seja escrito em suas páginas. Decidido a mudar o mundo, Light passa a matar criminosos através do caderno.

Direção: Shusuke Kaneko

Duração: 
90 Minutos

Genero: Ação, Crime, Drama


A programação do ciclo segue com:

15/08
 –Battle royale (2000) Direção: Kinji Fukasaku
22/08 – Nana (2005) Direção: Kentaro Otani
29/08 – Oldboy (2003) Direção: Park Chan-wook

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Ciclo Live-Action No Cineclube Lanterninha Aurélio no mês de Agosto.

Rurouni Kenshin (Samurai X - O Filme (BR)

Rurouni Kenshin (Samurai X, como é popularmente conhecido aqui no Ocidente) é uma série de mangá criado pelo artista Nobuhiro Watsuki e posteriormente adaptado em anime. que ganhou uma trilogia de filme em live-action que foi produzido pela Warner Bros. Japan em parceria com a Studio Swan.
Sinopse
: No Japão do século 19, durante a Guerra Boshin (1868-1869), travada entre as forças do governo de Yoshinobu Tokugawa e aqueles que favoreciam a restauração do Imperador Meiji ao trono, um jovem chamado Battousai Hitokiri havia ficado conhecido por ser um dos melhores assassinos do país. Seu apelido, o Retalhador, ecoou por todos os cantos do Japão. Cansado de tanta matança, Battousai abandona sua espada em plena batalha e faz um juramento: defenderá a justiça, mas não matará mais ninguém. Sua arma, porém, foi recolhida por um dos derrotados, Jin-e Udo. Vivendo como andarilho e usando um novo nome, Kenshin Himura, o ex- assassino vagueia pelos vilarejos até que, dez anos depois de sua decisão (1878), ele chega a Tóquio. Lá, ele conhece Kaoru, uma jovem que herdou o dojo de seu pai, e teve o nome humilhado por um espadachim que usava o nome Battousai Hitokiri. Para provar que a suspeita de Kaoru está errada, Kenshin mostra a ela que ele não carrega espada alguma, apenas uma Sakabatou, uma arma de lâmina inversa. Ao mesmo tempo, alguns crimes acontecem na região e deixam a polícia em polvorosa, pensando que o lendário Retalhador está na cidade, Na verdade, Jin-e Udo está matando e deixando a culpa cair sobre Himura. Quando os dois samurais duelam, tudo fica claro. Ao lado do oficial da polícia, o rapaz passa a caçar Jin-e para descobrir quem está por trás de tudo isso e limpar seu nome. Quando Kaoru é sequestrada, é hora do real Battousai mostrar sua força
Direçao: Keishi Ōtomo

Gênero: Ação
Duração: 135 minutos


A programação do ciclo segue com:

08/08 – Death Note (2006) Direção: 
 Shusuke Kaneko
15/08 –Battle royale (2000) Direção: 
Kinji Fukasaku
22/08 – Nana (2005) Direção: 
Kentaro Otani
29/08 – Oldboy (2003) Direção: 
Park Chan-wook


As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

"A Riviera Não é Aqui" Encerra o Ciclo de Cinema Francês no Cineclube Lanterninha Aurélio

O Cineclube Lanterninha Aurélio encerra nesta segunda-feira, dia 25, o Ciclo de Cinema Francês . O filme exibido será “A Riviera Não é Aqui” (2008), direção de Dany Boon e Nicolas Guy.


Sinopse: Salon-de-Provence, ao sul da França. Philippe Abrams (Kad Merad) dirige uma agência dos correios e é casado com Julie (Zoé Félix), que sempre está depressiva. Para agradá-la, ele elabora uma fraude de forma que possa ser transferido para a Côte d"Azur, a Riviera francesa. Entretanto Philippe é desmascarado, sendo transferido para Bergues, uma pequena cidade do norte. Isto é uma verdadeira tragédia para os Abrams, que consideram que o norte da França é uma região gelada cujos habitantes falam um dialeto incompreensível. Sem opção, Philippe embarca sozinha para Bergues e logo percebe que o local não é tão ruim assim.
Direçao: Dany Boon , Nicolas Guy

Duração
: 106 min.

Genero: 
Romance/Comédia

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Hoje no Cineclube Lanterninha Aurélio "A FAMILIA BÉLIER".




Para dar continuidade ao Ciclo de Cinema Francês, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe hoje, dia 18 de julho o filme "A FAMILIA BÉLIER" do diretor Eric Lartigau.

Sinopse: Paula (Louane Emera) é uma adolescente francesa que enfrenta todas as questões comuns de sua idade: o primeiro amor, os problemas na escola, as brigas com os pais... Mas a sua família tem algo diferente: seu pai (François Damiens), sua mãe (Karin Viard) e o irmão são surdos e mudos. É Paula quem administra a fazenda familiar, e que traduz a língua de sinais nas conversas com os vizinhos. Um dia, ela descobre ter o talento para o canto, podendo integrar uma escola prestigiosa em Paris. Mas como abandonar os pais e os irmãos?

Direção: 
Eric Lartigau

Elenco: Louane Emera, Karin Viard, François Damiens

GêneroComédia dramática

Duracao: 105 minutos

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Hoje no Cineclube Lanterninha Aurélio "O Silêncio De Lorna".



Para dar continuidade ao Ciclo de Cinema Francês, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 11 de julho o filme "O SILÊNCIO DE LORNA" dos diretores Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Sinopse
: Lorna (Arta Dobroshi) deseja se tornar sócia em uma lanchonete, junto com seu namorado. Envolvida em um esquema, aceita se casar com Claudy (Jérémie Renier), um dos capangas do mafioso Fábio (Fabrizio Rongione), apenas para adquirir a nacionalidade belga. Após certo tempo ela é obrigada a mais uma vez se casar, desta vez com um mafioso russo. Só que para que este novo compromisso seja selado, Lorna precisa matar Claudy.

Direção
: Jean-Pierre Dardenne, Luc Dardenne

Elenco
: Arta Dobroshi, Jérémie Renier, Fabrizio Rongione

Gêneros
: Drama, Ação

Duraçao: 105 minutos

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Ciclo Francês no Cineclube Lanterninha Aurélio



 No mês de Julho, o Cineclube Lanterninha Aurélio apresenta, nas segundas-feiras, o Ciclo Francês. Em parceria com a Associação de Cultura Francesa Les Amis de la France ( AAFRA), o Ciclo terá comentários feitos por membros da Aliança. A produção escolhida para abrir o mês, na segunda-feira, dia 4 de julho, é "Iintocáveis" , dos diretores Eric Toledano e Olivier Nakache.

Sinopse: Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabele, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro.

"Intocáveis"  França 2011

Direção
: Eric Toledano, Olivier Nakache

Elenco
: François Cluzet, Omar Sy, Anne Le Ny mais

Gênero
: Comédia

Duraçao:
 112min


As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Hoje o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe " Historias Cruzadas"





O Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe hoje, às 18 horas , o filme " Historias Cruzadas ", do diretor Tate Taylor.

É um filme de drama, baseado no livro romance homônimo de Kathryn Stockett. O filme é um retrato sobre uma mulher caucasiana, Eugenia “Skeeter” Phelan, e o seu relacionamento com duas empregadas negras durante a era americana dos Direitos civis nos Estados Unidos de 1960. Skeeter é uma jornalista que decide escrever um livro da perspectiva das empregadas (conhecido como The Help), mostrando como elas estão sofrendo racismo na casa de brancos.

Historias Cruzadas, 2011.

Direção: Tate Taylor

Drama: 137 minutos

Sinopse
:
Jackson, pequena cidade no estado do Mississipi, anos 60. Skeeter (Emma Stone) é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora. Ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark (Viola Davis), a emprega da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, o que desagrada a sociedade como um todo. Apesar das críticas, Skeeter e Aibileen continuam trabalhando juntas e, aos poucos, conseguem novas adesões.

 As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Hoje o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe "Spotlight - Segredos Revelados"




O Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe hoje, às 18 horas , o filme " Spotlight - Segredos Revelados ", do diretor Tom McCarthy.

O roteiro, escrito por McCarthy e Josh Singer.
Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos. Durante anos, líderes religiosos ocultaram o caso transferindo os padres de região, ao invés de puni-los pelo caso.

Spotlight, 2015.

Direção: Tom McCarthy.

Drama: 129 minutos

Sinopse
: O filme "Spotlight", traduzido para o português "holofote" faz referência a colocar os holofotes sobre os escândalos encobertos pela igreja durante anos, concentrando seu tema nas investigações do jornal The Boston Globe de Boston, Massachusets (EUA) que a principio da investigação jornalística expôs cerca de 90 cléricos da cidade de Boston denunciados por crime de pedofilia, a matéria tomou relevância e nas investigações revelou-se que a pratica era habitual dentro da igreja, com ocorrências 250 paróquias no mundo inteiro com conhecimento da Igreja.
O filme também aborda a difícil missão de quebrar as barreiras do silêncio que são impostas ao sacerdócio da igreja por um "código canônico" e seguidas por outros setores da sociedade, chegando a políticos, polícia, diretores de escolas e até à Justiça do Estado, envolvendo um complexo sistema de interesses que evitam mostrar os escândalos de pedofilia, confirmados dentro da Igreja, que se presta a estabelecer uma política de silêncio, negando fatos e protegendo transgressores.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Ciclo "Cine Direitos Humanos" no Cineclube Lanterninha Aurélio em junho.


                                                              CINE DIREITOS HUMANOS


Para dar inicio ao ciclo cine direitos humanos, o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe dia 6 de junho, às 18 horas , o longa-metragem “Colonia Dignidad”, do diretor FlorianGallenberger.

Ambientada durante o golpe militar no Chile em 1973, a trama segue um jovem casal alemão - Lena e Daniel (Daniel Brühl)- que são envolvidos na violência que levou à derrubada do presidente democraticamente eleito Salvador Allende. Daniel acaba sendo sequestrado pela polícia secreta do chefe do exército e futuro ditador Augusto Pinochet, e é seguido por Lena para uma área selada chamada Colonia Dignidad.

Título original: 
Colonia Dignidad

Direção:
 FlorianGallenberger

Elenco: 
Emma Watson, Daniel Brühl, Michael Nyqvist

Ano de produção: 
2015

Duração: 110 min

Gêneros: 
Drama, Histórico, Suspense

Nacionalidade:
 Alemanha, Luxemburgo e França

Sinopse:
 Chile, 1973. Em meio ao golpe de estado que derrubou o presidente eleito Salvador Allende e possibilitou a ascensão do ditador Augusto Pinochet, as massas estão nas ruas protestando, entre eles um casal alemão, Lena (Emma Watson) e Daniel (Daniel Brühl). Quando o rapaz é levado pela polícia secreta de Pinochet, Lena procura por ele e descobre que seu amado está em um lugar chamado Colonia Dignidad, uma suposta missão de caridade dirigida por um pregador (Michael Nyqvist), só que na verdade é uma prisão de onde ninguém nunca escapou. A fim de encontrar Daniel, a moça decide se juntar ao culto religioso da Colonia.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca. 

segunda-feira, 30 de maio de 2016

O Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe hoje, às 18 horas , o curta " Luka ", do diretor Jayme Filho.




                    O Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe hoje, às 18 horas , o curta " Luka ", do diretor Jayme Filho.


Luka
,  Brasil, 2016.
Lançamento do curta independente rodado em Santa Maria

Direção: Jayme Filho
Elenco - Leticia Bueno, Vera Maders, Geraldo Wobido, Evelin Torres,
Jader Guterres, Elton Maia, Leonardo Soccol, Elisa BatistiRoteiro e Direção - Jayme Filho
Direção de Fotografia - Luiz Carlos Grassi
Direção de Arte - Ana Machado
Direção de Produção - Camila Vermelho
Produção Executiva - Gilberto Rezer

Realização - Cia Independente de Cinema.

Drama/Policial: Brasil, 2016, 18min
Sinopse: Uma garota de programa é assassinada com 21 facadas. Não há suspeitos para o crime. Não há testemunhas. A irmã da vítima resolve fazer justiça com as próprias mãos.
As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

"Blade Runner" no Cineclube Lanterninha Aurélio


Para dar continuidade ao ciclo Adaptação para além dos livros, o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe na segunda-feira, dia 16 de maio, o longa-metragem “Blade Runner”, do diretor Ridley Scott.

O roteiro, escrito por Hampton Fancher e David Peoples, é vagamente baseado no romance Androides Sonham Com Ovelhas Elétricas?, de Philip K. Dick.

O filme é uma fina ironia acerca das questões fundamentais que afligem a espécie humana e, é exatamente neste ponto, sob o espectro da moral, da ética e da busca do sentido para a vida, é que as pessoas acabam fazendo com os Replicantes tudo aquilo que as fazem sofrer e o que lhe acarretam as mazelas e vicissitudes da vida.

Blade Runner, 1982

Direção: Ridley Scott

Ficção científica: 117 minutos

Sinopse: o início do século XXI, uma grande corporação desenvolve um robô que é mais forte e ágil que o ser humano e se equiparando em inteligência. São conhecidos como replicantes e utilizados como escravos na colonização e exploração de outros planetas. Mas, quando um grupo dos robôs mais evoluídos provoca um motim, em uma colônia fora da Terra, este incidente faz os replicantes serem considerados ilegais na Terra, sob pena de morte. A partir de então, policiais de um esquadrão de elite, conhecidos como Blade Runner, têm ordem de atirar para matar em replicantes encontrados na Terra, mas tal ato não é chamado de execução e sim de remoção. Até que, em novembro de 2019, em Los Angeles, quando cinco replicantes chegam à Terra, um ex-Blade Runner (Harrison Ford) é encarregado de caçá-los.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

"O Silêncio dos Inocentes" no Cineclube Lanterninha Aurélio


Para dar continuidade ao Ciclo Adaptação para além dos livros, o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe na segunda-feira, dia 9 de maio, às 18, na CESMA, o longa “O Silêncio dos Inocentes”, do diretor Jonathan Demme.

Baseado no romance homônimo de 1988 por Thomas Harris, o segundo a apresentar Hannibal Lecter, um psicopata assassino em série, que realizava canibalismo com suas vitimas. No filme, Clarice Starling, uma jovem estagiária do FBI, procura ajuda do prisioneiro Dr. Lecter para prender outro serial killer, conhecido apenas como "Buffalo Bill".

The Silence of the Lambs foi lançado em 14 de fevereiro de 1991 nos Estados Unidos e arrecadou mais de 130 milhões de dólares durante sua exibição no país. Em todo o mundo, teve bilheteria de 272.742.922 de dólares. Foi o terceiro filme a ganhar prêmios Oscar em cinco categorias "principais": melhor filme, melhor atriz, melhor ator, melhor diretor e melhor roteiro adaptado. Foi também o primeiro ganhador de melhor filme a ser amplamente considerado o melhor filme de terror, e o segundo dessa categoria, depois de The Exorcist (1973). O filme é considerado "culturalmente, historicamente e esteticamente" importante pela Biblioteca do Congresso e foi escolhido para ser preservado no National Film Registry em 2011.

O Silêncio dos Inocentes, 1991

Direção: Jonathan Demme

Drama: 118 minutos

Sinopse: A agente do FBI, Clarice Starling (Jodie Foster) é ordenada a encontrar um assassino que arranca a pele de suas vítimas. Para entender como ele pensa, ela procura o periogoso psicopata, Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), encarcerado sob a acusação de canibalismo.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Ciclo "Adaptação para além dos livros" no Cineclube Lanterninha Aurélio


No mês de maio, o Cineclube Lanterninha Aurélio promove o Ciclo Adaptação para além dos livros. Em homenagem, a Feira do Livro de Santa Maria, que acontece no mesmo mês, serão exibidas adaptações de clássicos da literatura mundial, para a tela do cinema.

O longa escolhido para abrir a programação do Ciclo é “Shakespeare Apaixonado”, dirigido por John Madden. No dia 2 de maio, segunda-feira, às 18h, no Auditório da CESMA (3º andar). A apresentação do filme será feita por José Renato da Silveira.

William Shakespeare precisa escrever uma nova peça de teatro, uma história de amor com fim trágico, mas está sofrendo um bloqueio e somente uma musa inspiradora poderá ajudá-lo. Ao apaixonar por Lady Viola, ele volta a ter inspiração e escreve a peça Romeu e Julieta. Na época, mulheres não podiam interpretar peças de teatro, mas Lady Viola se veste de homem para poder participar da peça de Shakespeare, mas ele acaba se apaixonando mesmo ela sendo noiva do Lord Wessex, nobre dono de terras na Virgínia, que está a procura de dinheiro para voltar para os Estados Unidos na corte da Rainha Elizabeth I que autoriza a participação de mulheres no teatro após descobrirem que Lady Viola se vestia de homem para participar das peças de William Shakespeare.

Shakespeare Apaixonado, 1998

Direção: John Madden

Comédia Romântica: 123 minutos

Sinopse: O jovem astro do teatro londrino William Shakespeare (Joseph Fiennes) sofre de bloqueio criativo e não consegue escrever sua peça. Um dia, ele conhece Viola De Lesseps (Gwyneth Paltrow), uma jovem que sonha em atuar, algo proibitivo no final do século XVI. Para burlar o preconceito e ter sua chance, Viola se disfarça de homem e começa a ensaiar o texto de Will, que começou a fluir e passou a dar vazão ao amor entre os dois. O que eles não contavam era com o casamento arranjado pela família entre Viola e Lorde Wessex (Colin Firth).

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

"O Abutre" no Cineclube Lanterninha Aurélio


Para encerrar o Ciclo Cinema, Psicologia e Contemporaneidade, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 25 de abril, às 18h, na CESMA, o longa “O Abutre”, do diretor Dan Gilroy.

O filme é estrelado por Jake Gyllenhaal, Bill Paxton, Rene Russo e Riz Ahmed. O filme foi produzido por Jennifer Fox, Jake Gyllenhaal, Tony Gilroy, David Lancaster, Michel Litvak e Gary Michael Walters. Gilroy teve sua estreia como diretor de cinema neste filme.

Ele foi exibido na seção especial Apresentações de 2014 do Festival Internacional de Cinema de Toronto.

O Abutre, 2014

Direção: Dan Gilroy

Drama, policial, suspense: 117 minutos

Sinopse: Enfrentando dificuldades para conseguir um emprego formal, o jovem Louis Bloom (Jake Gyllenhaal) decide entrar no agitado submundo do jornalismo criminal independente de Los Angeles. A fórmula é correr atrás de crimes e acidentes chocantes, registrar tudo e vender a história para veículos interessados.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

"Relatos Selvagens" no Cineclube Lanterninha Aurélio


Para dar continuidade ao Ciclo Cinema, Psicologia e Contemporaneidade, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 18 de abril, às 18h, na CESMA, o longa “Relatos Selvagens”, do diretor Damián Szifron. Haverá um debate após a sessão do filme.

O filme foi selecionado para o Palma de Ouro o prêmio de maior prestígio do Festival de Cinema de Cannes. Também foi indicado pra o Oscar de melhor filme estrangeiro da edição de 2015.

Relatos Selvagens,2014

Direção: Damián Szifron

Comédia, Drama: 122 minutos

Sinopse: Diante de uma realidade crua e imprevisível, os personagens deste filme caminham sobre a linha tênue que separa a civilização da barbárie. Uma traição amorosa, o retorno do passado, uma tragédia ou mesmo a violência de um pequeno detalhe cotidiano são capazes de empurrar estes personagens para um lugar fora de controle.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

"Bling Ring: A Gangue de Hollywood" no Cineclube Lanterninha Aurélio


Para dar continuidade ao Ciclo Psicologia, Cinema e Contemporaneidade, o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe na segunda-feira, dia 11 de abril, às 18h, no Auditório da CESMA( 3º andar), o filme “Bling Ring: A Gangue de Hollywood”, dirigido por Sofia Coppola. Após o termino da sessão, será feito um debate.

Inspirado em fatos reais, um grupo de adolescentes obcecados por fama formado por Rebecca (a líder), Marc, Nikki, Sam e Chloe, usam a internet para rastrear o paradeiro de diversas celebridades, a fim de roubar as suas casas. Suas vítimas incluem Paris Hilton, Lindsay Lohan, Megan Fox, Rachel Bilson, Audrina Patridge e Orlando Bloom. A gangue toda, todos já possuíam uma boa condição financeira, sem necessidade de roubar outras pessoas, tudo começou com um simples assalto e depois aumentou, chegando a roubar cerca de três milhões de dólares da casa dos artistas. Se não fosse pelo compartilhamento de fotos nas redes sociais com os objetos furtados, talvez os policiais de Los Angeles, nunca tivessem descoberto tais furtos. Os integrantes da gangue eram controlados pela líder, Rebecca, que jogou toda a culpa em seu amigo, Marc Hall. Porém, Rebecca era a grande estrategista do grupo.

Sofia Coppola mais uma vez questiona o mundo dos adolescentes, o mundo dos jovens, principalmente de Los Angeles (Califórnia), já que a diretora foi criada nesse cidade e participou sempre da indústria do entretenimento. O filme foi inspirado num artigo na revista, Vanity Fair, assim que a diretora viu o artigo, ela resolveu filmar a história.

Bling Ring: A Gangue de Hollywood,2013

Direção: Sofia Coppola

Drama: 95 minutos

Sinopse: Nicki (Emma Watson), Marc (Israel Broussard), Rebecca (Katie Chang). Sam (Taissa Farmiga) e Chloe (Claire Julian), entre outros jovens de Los Angeles têm em comum uma vida meio vazia, de pais ausentes, como Laurie (Leslie Mann), mãe de Nicki, que não tem a menor noção do que as filhas estão fazendo nas ruas, durante o dia e, pior, durante a noite. Fascinados pelo mundo glamuroso das celebridades das revistas, como Paris Hilton, e artistas como Kirsten Dunst, o grupo começa a fazer pequenos assaltos na casa dessas pessoas, quando descobrem que entrar nas residências deles não é nada difícil. Cada vez mais empolgados com "os ganhos", o volume dos saques desperta a atenção das autoridades, que decidem dar um basta nos crimes dessa garotada sem limites. Baseado em fatos reais.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

quinta-feira, 31 de março de 2016

Ciclo Psicologia, Cinema e Contemporaneidade no Cineclube Lanterninha Aurélio


No mês de abril, o Cineclube Lanterninha Aurélio irá promover o ciclo Psicologia, Cinema E Contemporaneidade. O Ciclo foi organizado pela estudante de psicologia Tainara Moraes.

O filme “Ela”, dirigido por Spike Jonze dará início ao ciclo. A primeira sessão acontece dia 4, segunda-feira, às 18h, no Auditório da CESMA (3º andar). Após o filme será feito um debate.

O filme é estrelado por Joaquin Phoenix, Amy Adams, Rooney Mara, Olivia Wilde, e Scarlett Johansson como a voz de Samantha. O filme gira em torno de um homem que desenvolve uma relação com um sistema operacional inteligente de computador (OS), com uma voz feminina e personalidade. Ele marca a estréia em roteiro de Jonze. O filme estreou no Festival de Cinema de Nova Iorque de 2013 e foi lançado nos cinemas dos Estados Unidos em 18 de dezembro de 2013.

Em 4 de dezembro de 2013, Her foi o melhor filme de 2013, pelo National Board of Review. O filme também compartilhou o primeiro lugar de Melhor Filme com Gravidade nos Prémios Los Angeles Film Critics Association. Em 12 de dezembro de 2013, o filme recebeu três indicações ao Globo de Ouro: Melhor Filme - Musical ou Comédia, Melhor Roteiro e Melhor Ator - Filme Musical ou Comédia, vencendo o de Melhor Roteiro. Her foi nomeado para cinco estatuetas do Oscar, incluindo Melhor Filme e Melhor Roteiro original), e vencendo o de Melhor Roteiro.

Ela, 2013

Direção: Spike Jonze

Drama, Romance: 126 minutos

Sinopse: Theodore (Joaquin Phoenix) é um escritor solitário, que acaba de comprar um novo sistema operacional para seu computador. Para a sua surpresa, ele acaba se apaixonando pela voz deste programa informático, dando início a uma relação amorosa entre ambos. Esta história de amor incomum explora a relação entre o homem contemporâneo e a tecnologia.

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.