sexta-feira, 26 de agosto de 2016

"Oldboy" Do Diretor Park Chan-wook no Cineclube Lanterninha Aurélio.


Para encerrar o Ciclo Cinema, Live-Action, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 29 de Agosto, às 18h, na CESMA, o longa “Oldboy”, do diretor Park Chan-wook.


"Oldboy" é um filme sul-coreano de 2003 dirigido por Park Chan-wook, baseado no mangá japonês de mesmo nome escrita por Nobuaki Minegishi e Garon Tsuchiya. O filme segue a história de um indivíduo chamado Oh Dae-su, que fica trancado num quarto de hotel por 15 anos sem saber o motivo de seus captores. Quando finalmente é libertado, Dae-su se vê preso numa rede de conspiração e violência. Sua busca por vingança acaba se entrelaçando com um romance quando se apaixona por uma atraente chef de sushis.

 Sinopse: A história começa quando o personagem Oh Dae-su é sequestrado e confinado numa prisão particular, sem que lhe seja dada justificativa alguma sobre o ato.A clausura se estende por nada menos do que 15 anos, durante os quais o personagem fica sozinho num quarto com banheiro, tendo apenas uma televisão para mantê-lo em conta(c)to com as mudanças no mundo exterior. O quarto é impregnado regularmente por um gás sonífero, que precede a entrada dos sequestradores, que assim limpam o local, cortam-lhe o cabelo ou costuram seus constantes ferimentos, sem que o prisioneiro troque quaisquer palavras com outros humanos. Sua única companhia é a TV.
Depois da libertação, Dae-su concentra-se exclusivamente na vingança. Quer descobrir quem o prendeu e o porquê. Mas a tarefa não é fácil; tem de se adaptar a 15 anos de “solitária” e ainda por cima é suspeito de um homicídio cometido durante o cativeiro. Mi-do, uma cozinheira de sushi de mãos frias vai ajudá-lo a procurar uma resposta para a pergunta que não lhe sai da mente.

 Diretor: 
Park Chan-wook

 Duraçao: 120 min

 Genero:
 Ação, drama

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

"Nana" No Cineclube Lanterninha Aurélio dia 22 de Agosto.



Nana é um filme japonês, dirigido por Kentarô Ôtani. É uma adaptação cinematográfica do mangá homônimo de Ai Yazawa. Lançado em 3 de setembro de 2005, o filme conta com a participação da pop star japonesa Mika Nakashima como a cantora punk Nana Oosaki, e Aoi Miyazaki como Hachi.A atualização mais recente foi vinculado pela revista brasileira Chapters na edição número 6.
O filme teve uma sequência em 2006, intitulado Nana 2.
Descrição fornecida por Wikipédia

Sinopse: Nana Oosaki (Mika Nakashima) é uma cantora de rock que parte para Tóquio para tentar recomeçar a vida após o término de um relacionamento. É uma garota forte que mostra independência e vontade de vencer na vida. Já Nana Komatsu (Aoi Miyazaki) é uma garota meiga e desajeitada que se muda para Tóquio para viver perto de seu namorado e mostrar que não é uma qualquer recém-saída da adolescência. As duas têm o mesmo nome e a mesma idade. Também por coincidência visitam, no mesmo dia e à mesma hora, um apartamento para alugar — o número 707 (em japonês, “Nana” significa “Sete”). Para evitar confusões, resolvem dividí-lo e viver juntas, começando aí, uma grande história de amizade.

Direçao: 
Kentarô Ôtani

Duraçao: 
113 min

Genero: Romance

A programação do ciclo segue com:
29/08 – Oldboy (2003) Direção: Park Chan-wook
As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Batalha Real (Battle Royale 2000) No Cineclube Lanterninha Aurelio.


Batalha Real (Battle Royale 2000)


 

Para dar continuidade ao Ciclo Live-Action, o Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe na segunda-feira, dia 15 de agosto, às 18, na CESMA, ”Batalha Real (Battle Royale)" , do diretor  Kinji Fukasaku.

Sinopse:
 Numa realidade hipotética, as novas gerações promovem um estado de anarquia, e o governo ultranascionalista resolve controlar a situação promovendo o temível Ato Battle Royale. Todos os anos, uma classe escolar é escolhida para passar três dias numa ilha deserta, e a cada aluno é dada uma mochila com equipamentos pessoais, de sobrevivência e uma arma, que pode variar de um cabide à uma escopeta. A única regra: apenas um pode sobreviver ao final dos 3 dias.

Gêneros: Ação, Terror

Diretor: Kinji Fukasaku

Duraçao:  2h 2m

A programação do ciclo segue com:

22/08 – Nana (2005) Direção: Kentaro Otani

29/08 – Oldboy (2003) Direção: Park Chan-wook
As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

"DEATH NOTE" no Ciclo Live-Action No Cineclube Lanterninha Aurélio no mês de Agosto.

 Ciclo Live-Action No Cineclube Lanterninha Aurélio no mês de Agosto.

Death Note é um filme live-action japonês da série Death Note lançado em 2006. O filme é baseado no mangá de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata. O filme centra principalmente um estudante universitário que decide livrar o mundo do mal com a ajuda de um caderno sobrenatural que mata qualquer pessoa cujo nome é escrito nele. O filme foi dirigido por Shusuke Kaneko, produzido pela Nippon Television, e distribuído pela Warner Bros. 

Sinopse: 
Yagami Light é um brilhante estudante, porém está completamente entediado. Certo dia, ao sair do colégio, ele encontra o “Death Note”, um caderno da morte, que pertencia a um Shinigami (Deus da Morte). O tal caderno possui o poder de matar qualquer humano cujo nome seja escrito em suas páginas. Decidido a mudar o mundo, Light passa a matar criminosos através do caderno.

Direção: Shusuke Kaneko

Duração: 
90 Minutos

Genero: Ação, Crime, Drama


A programação do ciclo segue com:

15/08
 –Battle royale (2000) Direção: Kinji Fukasaku
22/08 – Nana (2005) Direção: Kentaro Otani
29/08 – Oldboy (2003) Direção: Park Chan-wook

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Ciclo Live-Action No Cineclube Lanterninha Aurélio no mês de Agosto.

Rurouni Kenshin (Samurai X - O Filme (BR)

Rurouni Kenshin (Samurai X, como é popularmente conhecido aqui no Ocidente) é uma série de mangá criado pelo artista Nobuhiro Watsuki e posteriormente adaptado em anime. que ganhou uma trilogia de filme em live-action que foi produzido pela Warner Bros. Japan em parceria com a Studio Swan.
Sinopse
: No Japão do século 19, durante a Guerra Boshin (1868-1869), travada entre as forças do governo de Yoshinobu Tokugawa e aqueles que favoreciam a restauração do Imperador Meiji ao trono, um jovem chamado Battousai Hitokiri havia ficado conhecido por ser um dos melhores assassinos do país. Seu apelido, o Retalhador, ecoou por todos os cantos do Japão. Cansado de tanta matança, Battousai abandona sua espada em plena batalha e faz um juramento: defenderá a justiça, mas não matará mais ninguém. Sua arma, porém, foi recolhida por um dos derrotados, Jin-e Udo. Vivendo como andarilho e usando um novo nome, Kenshin Himura, o ex- assassino vagueia pelos vilarejos até que, dez anos depois de sua decisão (1878), ele chega a Tóquio. Lá, ele conhece Kaoru, uma jovem que herdou o dojo de seu pai, e teve o nome humilhado por um espadachim que usava o nome Battousai Hitokiri. Para provar que a suspeita de Kaoru está errada, Kenshin mostra a ela que ele não carrega espada alguma, apenas uma Sakabatou, uma arma de lâmina inversa. Ao mesmo tempo, alguns crimes acontecem na região e deixam a polícia em polvorosa, pensando que o lendário Retalhador está na cidade, Na verdade, Jin-e Udo está matando e deixando a culpa cair sobre Himura. Quando os dois samurais duelam, tudo fica claro. Ao lado do oficial da polícia, o rapaz passa a caçar Jin-e para descobrir quem está por trás de tudo isso e limpar seu nome. Quando Kaoru é sequestrada, é hora do real Battousai mostrar sua força
Direçao: Keishi Ōtomo

Gênero: Ação
Duração: 135 minutos


A programação do ciclo segue com:

08/08 – Death Note (2006) Direção: 
 Shusuke Kaneko
15/08 –Battle royale (2000) Direção: 
Kinji Fukasaku
22/08 – Nana (2005) Direção: 
Kentaro Otani
29/08 – Oldboy (2003) Direção: 
Park Chan-wook


As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

"A Riviera Não é Aqui" Encerra o Ciclo de Cinema Francês no Cineclube Lanterninha Aurélio

O Cineclube Lanterninha Aurélio encerra nesta segunda-feira, dia 25, o Ciclo de Cinema Francês . O filme exibido será “A Riviera Não é Aqui” (2008), direção de Dany Boon e Nicolas Guy.


Sinopse: Salon-de-Provence, ao sul da França. Philippe Abrams (Kad Merad) dirige uma agência dos correios e é casado com Julie (Zoé Félix), que sempre está depressiva. Para agradá-la, ele elabora uma fraude de forma que possa ser transferido para a Côte d"Azur, a Riviera francesa. Entretanto Philippe é desmascarado, sendo transferido para Bergues, uma pequena cidade do norte. Isto é uma verdadeira tragédia para os Abrams, que consideram que o norte da França é uma região gelada cujos habitantes falam um dialeto incompreensível. Sem opção, Philippe embarca sozinha para Bergues e logo percebe que o local não é tão ruim assim.
Direçao: Dany Boon , Nicolas Guy

Duração
: 106 min.

Genero: 
Romance/Comédia

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Hoje no Cineclube Lanterninha Aurélio "A FAMILIA BÉLIER".




Para dar continuidade ao Ciclo de Cinema Francês, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe hoje, dia 18 de julho o filme "A FAMILIA BÉLIER" do diretor Eric Lartigau.

Sinopse: Paula (Louane Emera) é uma adolescente francesa que enfrenta todas as questões comuns de sua idade: o primeiro amor, os problemas na escola, as brigas com os pais... Mas a sua família tem algo diferente: seu pai (François Damiens), sua mãe (Karin Viard) e o irmão são surdos e mudos. É Paula quem administra a fazenda familiar, e que traduz a língua de sinais nas conversas com os vizinhos. Um dia, ela descobre ter o talento para o canto, podendo integrar uma escola prestigiosa em Paris. Mas como abandonar os pais e os irmãos?

Direção: 
Eric Lartigau

Elenco: Louane Emera, Karin Viard, François Damiens

GêneroComédia dramática

Duracao: 105 minutos

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).

A entrada é franca.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Hoje no Cineclube Lanterninha Aurélio "O Silêncio De Lorna".



Para dar continuidade ao Ciclo de Cinema Francês, o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe na segunda-feira, dia 11 de julho o filme "O SILÊNCIO DE LORNA" dos diretores Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne.

Sinopse
: Lorna (Arta Dobroshi) deseja se tornar sócia em uma lanchonete, junto com seu namorado. Envolvida em um esquema, aceita se casar com Claudy (Jérémie Renier), um dos capangas do mafioso Fábio (Fabrizio Rongione), apenas para adquirir a nacionalidade belga. Após certo tempo ela é obrigada a mais uma vez se casar, desta vez com um mafioso russo. Só que para que este novo compromisso seja selado, Lorna precisa matar Claudy.

Direção
: Jean-Pierre Dardenne, Luc Dardenne

Elenco
: Arta Dobroshi, Jérémie Renier, Fabrizio Rongione

Gêneros
: Drama, Ação

Duraçao: 105 minutos

As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Ciclo Francês no Cineclube Lanterninha Aurélio



 No mês de Julho, o Cineclube Lanterninha Aurélio apresenta, nas segundas-feiras, o Ciclo Francês. Em parceria com a Associação de Cultura Francesa Les Amis de la France ( AAFRA), o Ciclo terá comentários feitos por membros da Aliança. A produção escolhida para abrir o mês, na segunda-feira, dia 4 de julho, é "Iintocáveis" , dos diretores Eric Toledano e Olivier Nakache.

Sinopse: Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabele, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro.

"Intocáveis"  França 2011

Direção
: Eric Toledano, Olivier Nakache

Elenco
: François Cluzet, Omar Sy, Anne Le Ny mais

Gênero
: Comédia

Duraçao:
 112min


As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Hoje o Cineclube Lanterninha Aurélio exibe " Historias Cruzadas"





O Cineclube Lanterninha Aurélio, exibe hoje, às 18 horas , o filme " Historias Cruzadas ", do diretor Tate Taylor.

É um filme de drama, baseado no livro romance homônimo de Kathryn Stockett. O filme é um retrato sobre uma mulher caucasiana, Eugenia “Skeeter” Phelan, e o seu relacionamento com duas empregadas negras durante a era americana dos Direitos civis nos Estados Unidos de 1960. Skeeter é uma jornalista que decide escrever um livro da perspectiva das empregadas (conhecido como The Help), mostrando como elas estão sofrendo racismo na casa de brancos.

Historias Cruzadas, 2011.

Direção: Tate Taylor

Drama: 137 minutos

Sinopse
:
Jackson, pequena cidade no estado do Mississipi, anos 60. Skeeter (Emma Stone) é uma garota da sociedade que retorna determinada a se tornar escritora. Ela começa a entrevistar as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas para trabalhar na criação dos filhos da elite branca, da qual a própria Skeeter faz parte. Aibileen Clark (Viola Davis), a emprega da melhor amiga de Skeeter, é a primeira a conceder uma entrevista, o que desagrada a sociedade como um todo. Apesar das críticas, Skeeter e Aibileen continuam trabalhando juntas e, aos poucos, conseguem novas adesões.

 As sessões acontecem às 18h, na CESMA (Professor Braga, 55).
A entrada é franca.